Entrar Cadastre-se

Baião de dois típico do Cariri (CE)

  • 1avaliação
  • 12pessoas já guardaram
  • 1hora5mins

Sobre a receita: Especialidade do meu pai e um prato nordestino típico, no entanto, este baião de dois é diferente do baião tradicional que se come por aí porque é feito com feijão de corda verde (e não o seco) e, além disso, o arroz é cozido no caldo do feijão, durante seu preparo – isso confere ao prato um sabor especial e bem diferente do baião de dois tradicional. Quem já provou garante que é muito melhor!!

Raïtsa Rio de Janeiro, Brasil

Ingredientes
Serve: 12 

  • 3 xícaras de feijão de corda verde
  • 2 xícaras arroz branco agulhinha (não pode ser parboilizado)
  • 400 g de queijo coalho
  • 1 tomate médio picado sem casca
  • 1 cebola picada
  • 4 fatias finas de bacon cortadas em cubinho
  • Coentro fresco , cebolinha e sal a gosto
  • Manteiga de garrafa (opcional)

Modo de preparo
Preparo:5mins  ›  Cozimento: 1hora  ›  Pronto em:1hora5mins 

  1. Lave bem o feijão de corda e escorra. Em uma panela funda comum (não use panela de pressão), coloque o feijão e os cubinhos de bacon para cozinhar em fogo alto-médio com bastante água (suficiente para que o caldo seja usado na preparação do arroz).
  2. Depois de o feijão estar cozido, com a água ainda fervendo, adicione o arroz, a cebola, o tomate e um punhado de cebolinha e outro de coentro.
  3. Corte o queijo coalho em tiras grossas e adicione aos ingredientes, empurrando as tiras na panela de modo que o queijo fique coberto pelos outros ingredientes. Reduza a chama ao mínimo e tampe a panela.
  4. Quando o arroz estiver secando, polvilhe um pouco mais de cebolinha e coentro sobre o baião. Aguarde mais um pouco até o caldo secar totalmente e o arroz estar pronto. Se desejar, regue com um pouco de manteiga de garrafa ou azeite de oliva ao servir. Sirva acompanhado de ovos fritos ou lombinho assado.

Receitas parecidas

Avaliações (1)

Raïtsa
Avaliado por:
10

A receita não é difícil, mas é preciso ir provando o feijão para ver quando está cozido para então acrescentar o arroz - e a quantidade de água também é importante, por isso classifico a receita como de dificuldade média. - 09 nov 2009

Escreva sua avaliação

Dê sua nota com estrelas

Mais categorias