Baião de dois típico do Cariri (CE)

    (1)
    1 hora 5 min

    Especialidade do meu pai e um prato nordestino típico, no entanto, este baião de dois é diferente do baião tradicional que se come por aí porque é feito com feijão de corda verde (e não o seco) e, além disso, o arroz é cozido no caldo do feijão, durante seu preparo – isso confere ao prato um sabor especial e bem diferente do baião de dois tradicional. Quem já provou garante que é muito melhor!!

    Raïtsa

    Rio de Janeiro, Brasil
    5 pessoas fizeram essa receita

    Ingredientes
    Serve: 12 

    • 3 xícaras de feijão de corda verde
    • 2 xícaras arroz branco agulhinha (não pode ser parboilizado)
    • 400 g de queijo coalho
    • 1 tomate médio picado sem casca
    • 1 cebola picada
    • 4 fatias finas de bacon cortadas em cubinho
    • Coentro fresco , cebolinha e sal a gosto
    • Manteiga de garrafa (opcional)

    Modo de preparo
    Preparo:5mins  ›  Cozimento: 1hora  ›  Pronto em:1hora5mins 

    1. Lave bem o feijão de corda e escorra. Em uma panela funda comum (não use panela de pressão), coloque o feijão e os cubinhos de bacon para cozinhar em fogo alto-médio com bastante água (suficiente para que o caldo seja usado na preparação do arroz).
    2. Depois de o feijão estar cozido, com a água ainda fervendo, adicione o arroz, a cebola, o tomate e um punhado de cebolinha e outro de coentro.
    3. Corte o queijo coalho em tiras grossas e adicione aos ingredientes, empurrando as tiras na panela de modo que o queijo fique coberto pelos outros ingredientes. Reduza a chama ao mínimo e tampe a panela.
    4. Quando o arroz estiver secando, polvilhe um pouco mais de cebolinha e coentro sobre o baião. Aguarde mais um pouco até o caldo secar totalmente e o arroz estar pronto. Se desejar, regue com um pouco de manteiga de garrafa ou azeite de oliva ao servir. Sirva acompanhado de ovos fritos ou lombinho assado.

    Histórico

    Notas e avaliações
    Nota em nossos sites globais
    (1)

    Avaliações em português: (1)

    Raïtsa
    Avaliado por:
    10

    A receita não é difícil, mas é preciso ir provando o feijão para ver quando está cozido para então acrescentar o arroz - e a quantidade de água também é importante, por isso classifico a receita como de dificuldade média.  -  09 nov 2009

    Escreva sua avaliação

    Dê sua nota com estrelas